30 de agosto de 2016

A rentrée do telemóvel...

A recarga do telelé...

Não vá, telefone!...

O meu telemóvel de serviço está a acordar duma longa sesta de vinte e tantos dias. Começou a adormecer nos idus de julho e a ser resga-tado antes das kalendæ de setembro. O tempo do dolce far niente chegou ao fim. Agora são horas de pegar de novo no batente.

O meu telemóvel de serviço foi retirado da mesa de cabeceira onde dormiu o sono dos justos. Até à próxima Saturnalia ocupará um bolso livre das calças. Depois logo se vê. E os ciclos do negócios & ócio a renderem-se entre si. Rotinas anuais a darem sentido à vida.

Sem comentários:

Enviar um comentário